Iluminação

Iluminação

Iluminação LED

 

Hoje, todos fazemos a pergunta se devemos, ou não, substituir a iluminação das nossas casas por iluminação LED. A legislação europeia já tomou várias iniciativas a favor da transição gradual para fontes de luz LED mais eficientes. No entanto, os consumidores continuam hesitantes, devido ao facto de esta matéria não ser simples de entender para quem não é especialista no assunto.

O LED entrega a mesma quantidade de luz, ou até mais, consumindo até 75% menos energia que as lâmpadas de vapor metálico e de sódio, impactando diretamente na saúde financeira.

 

Lâmpadas LED na nossa casa, que vantagens?

Não há dúvidas sobre as vantagens dos LED, enquanto fontes de luz de alta eficiência luminosa e baixo consumo de energia. No entanto, é necessário entender a hesitação de muitos consumidores face às novas lâmpadas LED de poupança energética. Como com todas as novidades, podem surgir dúvidas e desconfiança, colocando-se a pergunta: existem efetivamente bons motivos para escolher os LED também para a iluminação da nossa casa?

 

A resposta é sim! E destacamos algumas ótimas razões para escolher iluminação LED:

Qualidade da luz

A cintilação (Flicker), ou intermitência da luz em consequência da frequência da tensão de alimentação, que pode provocar cansaço, dores de cabeça e outras perturbações físicas. Quando alimentadas por DRIVER com a tecnologia adequada (Low Optical Flicker – UL verified), as fontes LED emitem luz praticamente constante, adequada para trabalhos de precisão e de leitura intensiva.

Hoje, a escolha da tonalidade da luz, ou temperatura de cor, deixou de ser um problema, estando ultrapassada a ideia de o LED ser uma fonte de luz fria, menos agradável que as restantes fontes de luz. As fontes LED de última geração oferecem a opção de luz mais fria (6500K) ou mais quente (2700K) mantendo os elevados rácios de eficiência energética e CRI.

Também o índice de restituição cromática (CRI) da luz LED atinge hoje valores superiores a 90, que identificam uma luz de excelência para a visualização das cores, objetos, contrastes e volumetrias, de forma nítida e fiel.

Vida útil e manutenção

De entre várias condicionantes que provocam a depreciação das suas performances, a duração das lâmpadas tradicionais depende em grande medida da frequência de ligar e desligar a que são submetidas. As fontes de luz LED não são afetadas por estes inconvenientes, assegurando uma vida útil superior às 50.000 horas, duração que é mais de 5 vezes superior à das restantes lâmpadas quando operando em condições otimizadas. Esta elevada duração dos LED permite intervalos de substituição de lâmpadas muito mais longos, com elevada redução de custos, comparativamente com os outros tipos de lâmpadas.

Instalação

Não existe nenhum aspeto negativo comparativamente com outros tipos de lâmpadas. Pelo contrário, a miniaturização obtida com os LEDs e a sua flexibilidade de instalação permitem opções de utilização até agora impossíveis, obtendo-se benefícios estéticos de integração na arquitetura dos ambientes criados.

Resistência mecânica

As luminárias equipadas com LED asseguram uma maior resistência aos impactos mecânicos e às variações de defeitos na tensão elétrica.

Produção de calor

Os LED são fontes de luz praticamente frias, no sentido em que a sua radiação luminosa não transporta calor e, por isso, são reduzidos os possíveis riscos de queimaduras por contacto direto com a fonte de luz

Presença de substâncias tóxicas

Ao contrário dos outros tipos de lâmpadas, os LED não contêm substâncias tóxicas. Por isso o seu uso é mais saudável para as pessoas e para o ambiente, por serem mais facilmente recicláveis. Também emitem uma luz “limpa”, pela ausência de radiação IR (infravermelhos) e UV (ultra violeta). Esta última característica é fundamental quando se ilumina obras de arte, como pinturas, que podem ser danificadas quando sujeitas a essas radiações (IR e UV).

Custo

Pode ser (ainda) uma desvantagem se, erradamente, forem considerados apenas o custo de aquisição. É necessário ter em conta a duração da fonte de luz e a poupança com a troca de lâmpadas, bem como a redução de custos com o consumo de eletricidade. O somatório destas vantagens com os efeitos positivos de uma iluminação com maior qualidade irão definitivamente inclinar a balança para a escolha de luminárias LED.

Relamping

Este termo significa a substituição das fontes de luz por LED, mantendo a luminária existente, diminuindo também os custos de intervenção.

As desvantagens

Não existem desvantagens em absoluto. Compreendidas as suas vantagens e benefícios, não lhe vão restar dúvidas em escolher iluminação LED para a sua casa.